quinta-feira, 7 de novembro de 2019

FEIRA DO LIVRO


A feira do livro realizar-se-á entre 25 a 28 de Novembro, entretanto contamos com as tuas sugestões.
Participa! Sugere! Aparece!

LIVROS QUE VALEM A PENA

AS ESCOLHAS DE CAPICUA


Livros que valem a pena


No sentido de apelar à prática e gosto pela leitura, a equipa da nossa biblioteca teve a iniciativa de criar um projeto mensal de divulgação de livros lidos e apreciados por pessoas que possam ser uma inspiração para os alunos desta escola.

Assim, criámos a rubrica “Livros que valem a pena” e convidámos, e continuaremos a fazê-lo, pessoas reconhecidas e apreciadas pelos jovens desta escola a partilharem connosco 6 ou 7 livros que tenham lido e que mereçam destaque na sua estante pessoal.

 A nossa convidada deste mês é a CAPICUA.

TODOS os livros aqui apresentados são pertença da biblioteca e podem ser REQUISITADOS para leitura.

quarta-feira, 30 de outubro de 2019

Concurso Nacional de Leitura 1.ª fase


    


 CONCURSO NACIONAL DE LEITURA
14ª EDIÇÃO – 2019 | 2020







O CRE vai promover, no 1º período, um concurso de leitura com vista à seleção de dois alunos de cada ciclo de ensino para representarem o agrupamento na fase distrital do Concurso Nacional de Leitura.
A primeira prova, escrita, terá lugar na escola, no final do 1º período, e versará sobre uma obra selecionada para cada uma das categorias.
Haverá uma segunda prova, para os dez melhores classificados de cada categoria, a realizar no início do segundo período.


2.º CICLO

Missão Impossível, Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada


3.º CICLO

Chocolate à Chuva, Alice Vieira


SECUNDÁRIO

O Velho e o Mar, Ernest Hemingway


Procura as obras na tua biblioteca escolar, ou, no caso de O Velho e o Mar, segue este link

quarta-feira, 16 de outubro de 2019

Dia Mundial da Alimentação

Os alunos de Ciências das turmas A, B e E do 6.º ano assinalaram o Dia Mundial da Alimentação.







quinta-feira, 10 de outubro de 2019

Prémio Nobel da Literatura

Prémio Nobel da Literatura 2018

Olga Tokarczuk


Olga Tokarczuk nasceu em Sulechów, uma pequena cidade polaca, em 1962. Formada em Psicologia, publicou o seu primeiro livro em 1989, uma coletânea de poesia intitulada Miasta w lustraché, seguindo-se os romances E. E. e Prawiek i inne czasy, tendo sido este último um sucesso.
A partir daí, a sua prosa afastou-se da narrativa mais convencional, aproximando-se da prosa breve e do ensaio.
Uma das mais apreciadas autoras de hoje, a obra de Olga Tokarczuk tem sido alvo de várias distinções, nacionais e internacionais. Recebeu por duas vezes o mais importante prémio literário do seu país, o prémio Nike; em 2018, foi finalista do prémio Fémina Estrangeiro e vencedora do Prémio Internacional Man Booker. Os seus livros estão traduzidos em trinta línguas.


Prémio Nobel da Literatura 2019

Peter Handke 



 Peter Handke nasceu na Áustria, em 1942. A sua obra literária que desenvolveu-se  entre a ficção, a narrativa e o teatro. Peter Handke é um dos maiores autores da literatura contemporânea, que se destacou também no ensaio, na prosa de reflexão e na poesia. Muitos dos títulos que o tornaram célebre foram traduzidos para português. Entre eles, A Angústia do Guarda-Redes Antes do Penalty, Uma Breve Carta para um Longo Adeus, Para uma Abordagem da Fadiga, O Chinês da Dor, Numa Noite Escura Saí da Minha Casa Silenciosa, ou Poema à Duração. No cinema, para além de uma grande e estreita colaboração com o realizador Wim Wenders, destaca-se a realização dos filmes A Ausência e A Mulher Canhota.



Prémio Nobel de Fisiologia ou Medicina

Nobel da Medicina distingue descoberta sobre mecanismo celular que regula oxigénio

A Medicina abriu a temporada Nobel 2019 e distingue William G. Kaelin, Gregg Semenza e Peter Ratcliffe pelas suas descobertas sobre os mecanismos celulares relacionados com o oxigénio.

Os trabalhos de William G. Kaelin, Gregg Semenza e Peter Ratcliffe que permitiram desvendar o mecanismo celular fundamental que permite às células adaptar-se à disponibilidade de oxigénio no ambiente valeram-lhes neste ano o Prémio Nobel da Medicina, anunciado nesta segunda-feira pela Academia das Ciências sueca.

 O britânico Peter Ratcliffe, professor e investigador na Universidade de Oxford, no Reino Unido, estudou também aquele mecanismo genético e chegou também a resultados idênticos. Os grupos liderados pelos dois cientistas descobriram, independentemente, que este mecanismo celular relacionado com a regulação do oxigénio está presente em todos os tecidos do organismo, e não apenas nas células dos rins, onde a EPO é normalmente produzida.






Gregg Semenza descobriu ainda que sequências genéticas, ou seja, que genes estão associados a este mecanismo de regulação do oxigénio celular. Faltava apenas identificar um último gene relacionado com todo este processo e essa última peça do puzzle chegou pela mão de William Kaelin, professor e investigador na Universidade de Harvard.
Na mesma altura em que Gregg Semenza e Peter Ratcliffe estavam a fazer o seu trabalho pioneiro sobre este mecanismo celular, o americano William Kaelin estava a estudar a doença de Von Hippel-Lindau, causada por uma mutação genética, e cujos portadores têm um elevado risco de desenvolver determinados tipos de cancro.




William Kaelin descobriu que o gene relacionado com doença designada VHL codifica uma proteína que inibe o desenvolvimento do cancro e mostrou que as células que não contêm VHL exibem um estado crónico de baixos níveis de oxigénio.
Na prova dos nove, ao reintroduzir VHL nessas células, William Kaelin mostrou que elas recuperavam o normal controlo dos níveis de oxigénio, ficando assim demonstrada a participação desse gene no complexo mecanismo de regulação dos níveis de oxigénio nos tecidos celulares.

Prémio Nobel da Física

Nobel da Física atribuído a astrónomos que descobriram exoplaneta com estrela semelhante ao Sol

Prémio Nobel da Física foi atribuído, esta terça-feira, ao físico canadiano James Peebles, por descobertas em cosmologia física, e aos astrónomos suíços Michel Mayor e Didier Queloz, pela descoberta de um exoplaneta que orbita à volta de uma estrela semelhante ao Sol.


 

Prémio Nobel da Química

Prémio Nobel da Química para o desenvolvimento das baterias de lítio

As baterias de lítio permitiram um "mundo recarregável", segundo o anúncio do Nobel da Química. Três investigadores contribuíram para a revolução tecnológica que podemos levar para qualquer lado.

O prémio Nobel da Química foi atribuído, esta quarta-feira, a John B. Goodenough, da Universidade do Texas (Austin, Estados Unidos), M. Stanley Whittingham, da Universidade Binghamton (Universidade Estatal de Nova Iorque) e Akira Yoshino, da Universidade Meijo e Asahi Kasei Corporation (Japão), pelo desenvolvimento das baterias de lítio. O trabalho começou já nos anos 1970, mas mudou a sociedade para sempre. 








terça-feira, 8 de outubro de 2019

quinta-feira, 3 de outubro de 2019

FORMAÇÃO DE UTILIZADORES NA BIBLIOTECA DO FONTES

Mais um ano letivo, mais utilizadores neste Centro de Recursos. Por isso, a coordenadora da biblioteca esteve a apresentar este espaço ao alunos do 2º ciclo.
Todos os alunos ficaram a conhecer as regras de funcionamento da biblioteca e como usufruir dos recursos disponíveis. Os visitantes fizeram perguntas, deram respostas e apresentaram sugestões.
Bem vindos à biblioteca escolar e bom ano letivo!




quinta-feira, 30 de maio de 2019

EXPOSIÇÃO SOBRE OS CLIMAS








Livros são Fontes

A atividade organizada pelo grupo de Português, Livros são Fontes, contou com a efetiva participação da comunidade escolar!
Desta atividade resultou a oferta de 152 livros para as bibliotecas das escolas do Agrupamento.

Ficámos todos mais ricos!


quinta-feira, 2 de maio de 2019

Leitura do "O Pequeno Livro dos Medos"

Os alunos do 3º ano da escola Padre Américo receberam, na biblioteca da sua escola, duas professoras que foram ler "O Pequeno Livro dos Medos" escrito e ilustrado por Sérgio Godinho.


segunda-feira, 18 de março de 2019

Hora da leitura no pré-escolar

No dia 28 de fevereiro os alunos do pré-escolar da escola Padre Américo receberam duas professoras que lhes proporcionaram a leitura da história do elefante Elmer. A leitura foi animada com projeção de imagens e a interação com alguns bonecos de cartão.







Atividades experimentais no 1º ciclo

No passado dia 21 de fevereiro os alunos da turma de 4º ano da Escola Padre Américo tiveram oportunidade de realizar experiências de dissolução de sólidos em diversos solventes.




Aprende-se metendo as mãos na massa!